05 abril 2011

Meditando Sempre na Palavra do Senhor


"Quanto amo a tua lei! É a minha meditação, todo o dia!" (Salmo 119:97)

Bem, sei que minha última promessa não foi cumprida. Prometi voltar a escrever, mas, se vocês têm acompanhado ou se checaram o meu histórico de postagens, verão que não cumpri isso. Decidi então que dessa vez não vou prometer nada. Pensava mesmo em não voltar a escrever, não no blog, mas fui convencido por uns e estimulado por outros a retornar essa prática.

Pensando sobre o que poderia escrever, ou como poderia fazê-lo, me veio à mente falar sobre textos isolados, de acordo com meu o dia a dia. É uma ideia ótima, mas muitos já fazem isso e talvez até melhor do que eu. Antes de parar de escrever, estávamos numa série de estudos que falava sobre relacionamentos: com Deus, com o próximo e com o sexo oposto. Como foi maravilhoso aquele tempo, onde sempre éramos desafiados a viver, total e plenamente, os nossos relacionamentos, buscando sempre agradar ao Senhor e viver a Sua vontade. Até hoje, leio e releio àqueles textos, sempre buscando tirar um aprendizado novo. Então eu resolvi continuar a escrever no método de temas e resolvi escrever sobre algo que tem me desafiado profundamente: o Livro de Salmos.

Você pode parar e pensar: todos nós conhecemos os Salmos. Temos muitos deles em nossos carros; nos monitores dos nossos computadores, junto com alguma paisagem linda; ou quem sabe você memorizou algum ou vários deles; talvez fique aberta uma Bíblia na sala da sua casa, em cima de uma mesa, porque muitos fazem isso com o Salmo 91; e se for como eu, adoraria que no seu funeral fosse recitado o Salmo 23, não apenas lido e/ou citado.

Na verdade, talvez escrever sobre Salmos seja algo batido e repetitivo. Mas e se eu juntar as duas ideias? Se escrever algo temático, sobre o Livro de Salmos, e ao mesmo tempo buscar, por meio das minhas experiências diárias, tornar as experiências contidas nessa porção das Escrituras, em algo prático para as nossas vidas?

Entender, por exemplo, que é muito melhor conhecer o Bom Pastor do Salmo 23 do que conhecer apenas o Salmo do Bom Pastor. Que mesmo em meio à dificuldades, Deus virá ao nosso socorro, nos sustentará com a Sua mão e nos ensinará que não há nada melhor do que confiar nEle, que Ele deve ser o nosso anseio e que devemos nos alegrar em esperar nEle e sermos gratos por este privilégio. Passarmos a amar profundamente a Sua Lei, meditarmos nEla todos os dias e sermos guiados por Ela.

E como tema da postagem, fiquei por horas pensando no título mais propício, mais oportuno, mais adequado à ocasião e achei que a melhor opção seria usar o nome do meu blog, porque demonstra exatamente a intenção dessa série de estudos: meditar sempre na Palavra do Senhor.

Não sei o que se passa no seu coração ao ler essa "pequena introdução"; quem sonda corações é Deus, como veremos no Salmo 139. Eu posso falar do meu coração e digo: estou numa expectativa enorme pelo o que está por vir adiante...

Conto com vocês nesta jornada? Espero que sim!

4 comentários:

andrea disse...

Opa...que bom que voltou \o/
Sempre é muito bom apreender sobre a palavra de Deus!!!!
Respondendo sua pergunta, pode sim contar comigo nessa jornada...tanto na leitura aqui, como na oraçao por vc.
bjos

Thiago Felipe disse...

Voltou! Pode contar comigo também! Também estou muito ansioso pelo que estar por vir =D

minuciosa formiga disse...

Graça e Paz, Pastor!Parabéns pelo Blog.
É sempre bom ouvir o espírito santo falar por bons textos, e o seu está muito bem embasado (com a palavra dEle) ;D
Mas mantenha assiduidade conosco. Deixe-o sempre atualizado ;)

Fica com Jesus.

Débora Oliveira disse...

O povo tá pedindo, quer mais incentivo que esse?

:)

Postar um comentário

"Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e , sim, unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e assim transmita graça aos que ouvem."(Efésios 4:29)