05 agosto 2008

Maravilhosa Graça


“De fato, no devido tempo, quando ainda éramos fracos, Cristo morreu pelos ímpios. Dificilmente haverá alguém que morra por um justo, embora pelo homem bom talvez alguém tenha coragem de morrer. Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores.”
(Romanos 5:6-8 NVI)

Depois de mais de um mês, estamos de volta.

Durante todo este tempo, tive o privilégio de meditar e refletir sobre a Maravilhosa Graça de Deus. Sobre como, sendo nós ainda pecadores, fracos, Deus ao Seu tempo provou, demonstrou o Seu amor para conosco, mandando Seu Filho Jesus Cristo à cruz morrer pelos nossos pecados. Não por algo que poderíamos oferecer ou dar, mas pelo Seu amor e graça, que não podem ser mensurados.

No versículo 8, vemos na versão RA (Revista e Atualizada) a expressão “Mas Deus prova”, enquanto na versão citada acima vemos: “Mas Deus demonstra”. No texto original, para estas palavras “prova” e “demonstra”, nós temos a palavra sünistêsin ou synistêsin, que quer dizer “pôr junto” que pode ser traduzido por “provar”, “mostrar”, “comprovar”, “confirmar”. Mas também tem outro sentido, que é o de “apresentar” que pode ser traduzido por “recomendar uma pessoa à outra” ou “pôr uma pessoa lado a lado com a outra” ou até mesmo “apresentar uma pessoa a outra”.

Explicando de uma maneira simples?

Somos pecadores, totalmente depravados, mortos em nossos delitos e pecados. É nesta condição que somos amados por Deus, é nesta condição que Cristo morreu por nós (v.6), não por causa daquilo que éramos e nem muito menos podíamos dar pra Ele, mas por causa daquilo em que Ele poderia nos transformar. Ele ao mesmo tempo em que prova o Seu amor para conosco por meio de Jesus, somos também “apresentados” a Deus por meio do Seu Filho. Passamos a ser co-herdeiros e co-participantes do Reino. E isso tudo, quando ainda éramos fracos e pecadores.

Agora entendem o título que escolhi? Maravilhosa Graça!
Em um estudo escrito por Rick Waren em seu site, intitulado de “Maravilhosa Graça”, ele aborda os benefícios desta graça, nós lemos:

Nós somos...
Salvos pela graça – Efésios 2:8-9
Perdoados pela graça – Isaías 43:25
Sustentados pela graça – Filipenses 2:13
Curados pela graça – Salmos 147:3
Liberados pela graça – Mateus 11:28-30
Dons dados pela graça – Romanos 12:6
Usados pela graça – Efésios 3:7
Transformados pela graça – Judas 1:24
Amadurecidos pela graça – Romanos 12:2

E Rick Waren nos desafia a vivermos sob a Maravilhosa Graça de Deus. E somos desafiados na Bíblia a viver sob a Maravilhosa Graça de Deus. E hoje eu te desafio a viver sob a Maravilhosa Graça de Deus.

Para encerrar, eu gostaria de citar um hino antigo da Harpa Cristã, intitulado de “O Precioso Sangue”, que diz:

O Precioso Sangue

Oh! que precioso sangue,
Meu Senhor verteu,
Quando, para resgatar-nos,
Padeceu!

Oh! que precioso sangue,
Sangue de Jesus,
Que por nós, foi derramado
Sobre a cruz!

Oh! que precioso sangue,
Sangue remidor!
Sim, com este nos remiste,
Redentor!

Oh! que precioso sangue,
Sangue expiador!
Eis o que da pena livra
O malfeitor!

Oh! que precioso sangue,
Purificador!
Que de toda a mancha lava
O pecador!

Oh! que precioso sangue,
Fala-nos de paz;
Tudo quanto a lei exige,
Satisfaz!

Oh! que precioso sangue.
Por Ele entrarei
Sem receio, na presença
Do meu Rei!

Oh! que precioso sangue,
Do bom Salvador!
Hoje, a todos manifesta
Seu amor!


“Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores”. (Romanos 5:8)

Não há nada que você faça ou deixe de fazer que fará Deus te amar mais ou menos. Entenda. Ele já te ama e a prova disso é que mandou Seu Filho Jesus morrer na cruz pelos nossos pecados sendo nós ainda pecadores, fracos. Se por acaso, pela vida que você tem levado você se sente menos amado por Deus ou não merecedor desta Maravilhosa Graça, eu te desafio neste momento a se arrepender e confessar os teus pecados, pois Ele é fiel e justo para perdoar os teus pecados e te purificar de toda injustiça (1ª João 1:9). O melhor amigo do pecado é o silêncio!

Que Deus continue a nos abençoar, capacitar, ungir e usar, de acordo com a Sua vontade, hoje e sempre, cada dia mais, pois foi pra isso que fomos chamados.
Graça e Paz!